A internet das coisas vem revolucionando a rotina das empresas. Assim como qualquer tecnologia, ela proporciona ganhos em relação à produtividade, redução de custos e otimização de processos do seu dia a dia.

Podemos dizer que no futuro ela será um dos recursos indispensáveis para qualquer negócio. Portanto, é interessante que os profissionais de tecnologia fiquem ligados em suas tendências.

Pensando nisso, preparamos aqui uma lista com 5 aplicações da internet das coisas para sua empresa. Confira:

1. No marketing

Em relação à área de marketing, a internet das coisas pode ser aplicada por meio de sensores que reportam onde, quando e como o produto ou serviço é usado pelo cliente.

Saiba que esse processo de coleta de dados em tempo real pode ser muito menos custoso, mais preciso e muito mais rápido do que as já conhecidas e tradicionais pesquisas de mercado.

Dessa maneira, é possível entender as necessidades do consumidor e as tendências de mercado com agilidade, ganhando uma boa vantagem em relação à concorrência.

2. Nas vendas

As vendas proativas são essenciais para que qualquer negócio consiga superar seus concorrentes e isso está cada vez mais fácil com a internet das coisas.  

É possível utilizá-la para aumentar as vendas do negócio. Isso pode acontecer de modo que a empresa consiga prever quando os consumidores precisarão renovar o serviço ou comprar um novo produto conforme o seu uso, por exemplo.

3. Na logística

No processo logístico, essa tecnologia também ajuda muito nas demandas que exigem o monitoramento de qualquer informação de entregas em tempo real.

Isso é viável por meio de sensores que podem alimentar as empresas com dados sobre qualquer entrega que ela efetuar. Isso ajuda a aumentar sua eficiência nesse processo, melhorar o tempo de entrega e, assim, deixar o cliente mais satisfeito.

4. No relacionamento com o cliente

O relacionamento com o cliente pode ser otimizado pela internet das coisas de diversas maneiras. Uma delas é conseguir deixar o contato com o consumidor mais rápido por meio da atualização do seu histórico de interação com a empresa em tempo real.

Assim, é possível enviar as novidades conforme cada nova ação que ele fizer nesse sentido. Além disso, você consegue otimizar o pós-venda, aumentando as chances de reter e fidelizar os clientes.

Pensando um pouco mais no mundo offline, é possível descobrir a quantidade de clientes que entra e sai de uma loja, além de outras informações de consumo, coletando dados que sejam úteis para a gestão da empresa de forma inteligente.

5. No monitoramento de energia

Por fim, é possível ter um maior controle de energia da empresa através da internet das coisas. Luz, ar-condicionado e outros dispositivos podem ser ligados e desligados por meio de sensores de presença, reduzindo o consumo apenas ao período em que há alguém no ambiente.

Hoje já existem maneiras de identificar quais equipamentos estão gastando mais energia do que deveriam e, a partir desses dados, agir em relação ao assunto, fazendo a sua troca ou manutenção.

Quer saber mais sobre internet das coisas e outros assuntos? Então curta nossa página no Facebook!