A era dos smartphones chegou para ficar, trazendo consigo uma série de tendências — principalmente, quando o assunto gira em torno de funcionalidades inteligentes, GPS ou mesmo das mensagens instantâneas.

Apesar desse mundo de possibilidades, a bateria dos aparelhos sempre deixa a desejar, fazendo com que grande parte dos usuários evite um aplicativo simplesmente pelo fator “alto consumo de energia”.

Partindo desse grande desafio que afronta os desenvolvedores mobile, preparamos um artigo para que você entenda a forma certa de criar aplicativos que otimizem o consumo de bateria e melhorem a experiência do seu público. Acompanhe!

Otimize o uso da tela

A tela é a principal fonte de uso da bateria em um smartphone, representando aproximadamente 30% do consumo total da energia utilizada nos aparelhos. Partindo dessa ideia, uma boa dica é fazer com que seu aplicativo adote algumas funções específicas, como o desligamento automático da tela após alguns minutos.

Certamente esse é o primeiro passo, mas existem outras funções específicas que utilizam tecnologias modernas, como o próprio barômetro e acelerômetro do celular. Um exemplo comum é quando o usuário coloca o aparelho no bolso e o aplicativo entende o movimento, travando a tela.

Ofereça uma versão simplificada

É comum que a maioria dos apps precise de uma conexão com a internet para o funcionamento adequado e, muitas vezes, o usuário acaba preso às redes WiFi. Dessa forma, uma boa dica é reduzir o volume de arquivos necessários para o uso do aplicativo ou mesmo oferecer uma versão de apresentação simplificada.

O Facebook adotou essa mesma estratégia e desenvolveu o app Facebook Lite, que consome menos memória, processa rapidamente os arquivos e consome energia de forma sustentável. Sem dúvidas um ótimo exemplo para se inspirar e criar aplicativos que otimizem o consumo de bateria.

Use moderadamente o GPS

Apesar do alto consumo de bateria, uma ferramenta que nenhum usuário abre mão é o GPS. Sendo assim, se seu aplicativo precisa das funções de localização, por que não as utilizar da forma correta?

Uma forma prática de fazer isso é enviar notificações para o usuário no momento em que não for mais necessário o uso da ferramenta. Assim, é possível garantir que a bateria não será consumida sem que o GPS precise realmente ficar ligado durante o uso do app. Esse diferencial pode ser decisivo e garantir a escolha do público.

Busque uma solução especializada

Criar aplicativos que otimizem o consumo de bateria é um grande desafio, inclusive para profissionais experientes e que já possuem certo conhecimento em programação nas plataformas Android ou iOS.

Nesse contexto, é válido procurar uma equipe especializada nesse tipo de tarefa, capaz de desenvolver um relacionamento de parceria e de forma a complementar seu trabalho — agregando ainda mais valor para os aplicativos que você desenvolve. É certeza de sucesso no mercado!

E então, leitor? Gostou de aprender um pouco mais sobre como criar aplicativos que otimizem o consumo de bateria? Deixe seu comentário e compartilhe experiências. Sua opinião é muito importante para nossa equipe!