A dinâmica da tecnologia, assim como a do mundo empresarial, elevou a importância das informações das empresas a um nível que se tornou indispensável para a estratégia de negócios.

O volume de dados e informações que circulam no mercado é cada dia maior, o que demanda uma gestão de informações muito mais ágil e eficiente. Hoje, todo tipo de informação pode ser útil, tudo pode ser revertido em estatísticas para melhorar a atuação da empresa e torná-la mais produtiva e lucrativa.

Mas, para atingir esse nível, algumas medidas são necessárias. Você sabe quais são? Não? Então este post é para você! A seguir mostraremos alguns pontos que devem observados para melhorar a gestão de informações da sua empresa. Acompanhe!

Tecnologia: a chave para uma gestão de informações eficiente

Como dito, o volume de dados que circulam dentro e fora das empresas é bem grande, de modo que manipular toda essa informação acaba sendo uma tarefa complexa. Contudo, esse cenário vem sendo revertido com o emprego da tecnologia para auxiliar a gestão dos negócios.

Diversas soluções foram criadas pela TI para facilitar a vida dos gestores. Sabendo disso, é fundamental que as corporações invistam recursos e tempo na aquisição e aprimoramento desse tipo de recurso a fim de melhorar a sua gestão.

Como exemplo de soluções que podem contribuir com a gestão de informações, podemos citar:

Sistemas ERP

Hoje já se fala em sistemas ERP capazes de centralizar toda a informação relevante da empresa, tornando-a muito mais acessível e útil para as operações. Os gestores têm uma visão muito mais ampla e gerencial de todos os processos. Assim, a tomada de decisão fica muito mais precisa.

Esses sistemas substituem os antigos e lentos processos manuais de coleta e armazenamento de dados, muito comuns em empresas menores nas quais o dono tende a cuidar de tudo. A utilização desses sistemas torna a empresa muito menos suscetível a falhas e inconsistências, o que afeta diretamente a produtividade.

Softwares SaaS

Esse que é um modelo diferenciado de contratação de softwares, tem sido um grande aliado para os negócios. Os “softwares como serviço” oportunizaram muitas empresas — principalmente as micro e pequenas, que não dispõem de muitos recursos —, a contar com o auxílio de eficientes sistemas de informação, que antes eram restritos às grandes corporações. Tudo isso a custos muito mais baixos e sem a necessidade de investir em hardware, servidores ou em infraestrutura, de modo geral, para poder rodar esses programas, já que, atualmente, é comum a sua contratação por meio da computação em nuvem.

Organização é tudo: tenha um plano de gestão da informação

A tecnologia, como vimos, é importante para a sua empresa, entretanto é preciso também ser estratégico e organizado na hora de empregar os recursos tecnológicos citados.

É importante frisar que uma empresa não é composta apenas por tecnologia. O fator humano também está presente, e é muito importante para otimizar a gestão da informação do seu negócio.

Assim, um dos principais pontos a se considerar é a capacitação daquelas que lidam diretamente com a informação. Esse pessoal deve conhecer bem os sistemas, recursos, assim como a política e estratégia da empresa quanto ao uso dos dados.

Além disso, deve-se preocupar com a segurança da informação, afinal, em tempos de massiva circulação de dados e comunicação pela rede, as operações das empresas ficam mais expostas a invasões e ataques de cibercriminosos.

Por fim, um plano de gestão de informações passa por todos os itens que envolvem a manipulação dos dados. Do ambiente interno ao externo, é fundamental conhecer e se planejar para que o funcionamento da empresa e os seus dados se mantenham íntegros e úteis.

Gostou do post? Quer ficar por dentro das nossas novidades? Siga nossas páginas nas redes sociais ― Facebook, LinkedIn e Twitter ― e se mantenha informado desse e de outros assuntos relacionados!