Ninguém poderia imaginar que em 2017 a maior empresa de transporte do mundo não fabricaria um carro sequer. Ou que o maior operador de hospedagem do planeta não possuiria nenhum quarto de hotel em seu catálogo. Estamos falando de Uber e Airbnb, apenas dois exemplos de negócios inovadores que transformaram seus mercados. 

Empresas de tecnologia como essas — as chamadas startups — carregam a inovação em sua essência. São negócios que nascem para oferecer soluções mais inteligentes para problemas da sociedade, como a mobilidade, por exemplo.

Quando acertam em cheio modificam completamente a dinâmica de todo um segmento, criando um novo contexto de regras para os players e estimulando o surgimento de novos competidores ainda mais disruptivos.

A inovação é importante para a evolução

Quando falamos em negócios inovadores automaticamente vem à mente uma mesma imagem. Jovens empreendedores do Vale do Silício programando dia e noite para criar negócios digitais que serão facilmente acessados por um sistema ou aplicativo. Não que essa imagem esteja errada, mas não é apenas neste contexto que a inovação se faz presente.

As tecnologias criadas pelo ser humano ao longo da história foram capazes de inovar a sua maneira de viver. Desde a primeira ferramenta criada pelos homens das cavernas até invenções mais modernas, como a lâmpada, o telefone e o carro. Esse último, inclusive, é um ótimo exemplo.

Quando Henry Ford lançou seu primeiro modelo de automóvel comercial, o Ford T, o mundo tinha um mercado de transporte individual de curtas distâncias baseado em cavalos. A criação do primeiro carro particular foi uma inovação sem precedentes que teve o poder de causar rupturas significativas não só no mundo dos negócios, mas também no modo de vida das pessoas ao redor do planeta.

Se não fosse Henry Ford, talvez não tivéssemos hoje uma das maiores cadeias produtivas que este planeta já viu. E o mesmo acontece com tantos outros mercados, que sofrem mudanças com o surgimento de negócios inovadores com o mesmo poder transformador que Ford teve à sua época.

Veja agora bons exemplos de negócios que revolucionaram os hábitos da sociedade!

Negócios inovadores podem transformar seus mercados: veja 3 exemplos!

1. Whatsapp

A troca de mensagens de texto por meio de aparelhos celulares sempre foi um trunfo para as empresas de telefonia. Até surgir o Whatsapp, que passou a permitir que as mensagens fossem enviadas usando a internet e não os sinais de telefonia celular. O app mudou para sempre a comunicação interpessoal e hoje já conta com mais de 500 milhões de usuários espalhados pelo mundo.

2. Airbnb

Pessoas que viajam precisam encontrar hospedagens de qualidade enquanto tantas outras possuem imóveis — ou até mesmo cômodos — ociosos. Por que não unir essas duas pontas por meio de um serviço de locação de curta duração? É isso o que faz o Airbnb, startup que já se tornou a regra quando o assunto é hospedagem com qualidade e bom custo x benefício. 

3. Uber

Até pouco tempo atrás o táxi era a única alternativa para quem precisava se locomover de carro e não possuía um automóvel particular. Ao mesmo tempo, muitos motoristas tinham seus carros parados na garagem durante um período do dia. Até surgir o Uber, que possibilitou que indivíduos pudessem fornecer o serviço de transporte de forma alternativa, utilizando seus veículos pessoais.

O resultado é uma transformação que une a melhoria no transporte individual com a redução do número de carros nas ruas. Isso porque muitas pessoas passaram a usar o Uber ao invés de comprar um automóvel particular para si.

A tecnologia e a criatividade permitem que empreendedores visionários criem novas formas de solucionar problemas antigos. Deste contexto fantástico surgiram — e vão continuar surgindo — negócios inovadores capazes de transformar de forma significativa seus mercados de atuação.

Esperamos que este conteúdo sirva para abrir a sua mente para este novo contexto. Se você tiver alguma dúvida sobre o tema ou ainda desejar compartilhar outras informações complementares é só deixar o seu comentário!