O mercado mobile se expandiu extraordinariamente nos últimos anos, assim, tornou-se raro encontrar alguém que não utilize um smartphone para se comunicar ou navegar na internet. Com o objetivo de aproveitar as oportunidades trazidas por este novo comportamento social, diversas empresas têm investido em tendências mobile, a fim de estabelecerem um relacionamento mais próximo e produtivo com seus clientes ou colaboradores.

Neste post vamos conhecer 4 das principais opções disponíveis no mercado. Acompanhe!

1. Internet das Coisas, a mais surpreendente dentre as tendências mobile

Trata-se de uma revolução tecnológica que tem formado verdadeiros espaços cyber-físicos. A IoT, Internet of Things, foi desenvolvida para permitir que dispositivos eletrônicos se comuniquem entre si por meio da internet e realizem tarefas de forma automatizada sem a necessidade de qualquer interferência humana.

Um exemplo simples de uso da tecnologia em escritório seria o acendimento de luzes conforme os espaços estivessem sendo usados. Neste caso, o smartphone de cada funcionário se comunicaria com a central de iluminação inteligente, mantendo as luzes acesas somente em ambientes que estivessem sendo utilizados.

2. Gadgets vestíveis, tecnologia para o dia a dia

Podemos classificar gadgets vestíveis como dispositivos eletrônicos que literalmente podemos vestir. Alguns exemplos seriam o Google Glass, óculos digitais que permitem navegação na internet, ou a pulseira Feel, gadget que analisa dados como temperatura corporal, suor e volume sanguíneo para entender suas emoções, enviando até mesmo notificações ao seu smartphone com recomendações para você acalmar os ânimos em caso de estresse.

O York Teaching Hospital, na Inglaterra, utiliza pulseiras inteligentes para monitorar o desempenho de pacientes em exercícios físicos prescritos antes de cirurgias. O propósito é obter resultados melhores com a realização destes procedimentos.

3. Chatbots, robôs transformados em atendentes

Por meio de aplicativos de mensagens instantâneas como o Messenger ou o Whatsapp é possível desenvolver um canal de atendimento personalizado conhecido com o Chatbot.

O Chatbot é o robô programado para atender seus clientes dentro do um chat. Vamos supor que você tivesse uma pizzaria com um Chatbot em funcionamento no Messenger, logo, bastaria que o cliente abrisse o Messenger e entrasse em contato com a pizzaria para ser atendido pelo Chatbot. Então, este cliente poderia receber sugestões de sabores de pizzas, fazer o pedido, cadastrar seu endereço e pagar pela pizza, tudo de forma automatizada.

4. Multichannel, canais em sintonia

O chatbot citado no item anterior é uma forma de disponibilizar um canal digital de relacionamento com o cliente. O conceito de multichannel refere-se a integração entre vários canais, unificando dados de atendimento ao cliente, realizados tanto em lojas físicas como em canais digitais.

Neste caso, o multichannel auxiliaria na continuidade de um atendimento personalizado ao cliente. Por exemplo, o cliente que comprou um item de decoração em uma loja virtual, poderia receber a sugestão de um vendedor para comprar outro item de decoração quando estivesse visitando uma loja física da mesma empresa.

Como pudemos acompanhar, existem tendências mobile excepcionais para se investir, ampliando assim o alcance de um negócio e até mesmo automatizando os relacionamentos, a fim de diminuir custos e aumentar a eficiência.

O que você achou do post? Sua empresa já investe em alguma dessas tendências? Aproveite para compartilhar este artigo em suas redes sociais e mostrar aos seus amigos quais são os novos caminhos para se aproximarem de seus potenciais clientes!