Criar aplicativos empresariais não é mais uma opção, e sim uma necessidade para empresas de diversos porte. O apelo fundamental é claro: qualquer atividade ou tarefa que sua empresa faça online também pode ser feita em smartphones, o que agrega portabilidade à mistura. E o potencial dos aplicativos móveis se estende para muito além do marketing.

É claro que a sua empresa pode usá-los para promover produtos e serviços, mas eles também podem suportar transações online, programas de fidelização, tutoriais, interações cliente-empresa ou mesmo atender seus colaboradores internos. Há inúmeros benefícios em criar o seu. Por isso, hoje, vamos ensinar a você como planejar e desenvolver um aplicativo empresarial.

Planeje seu aplicativo

Para criar aplicativos empresariais bem-sucedidos, a primeira coisa que se deve ter em mente é que o bom planejamento leva a uma excelente execução. Portanto, é preciso identificar que problemas seu aplicativo pretende resolver e decidir como ele fará isso. Estamos falando, nesse caso, dos recursos que facilitarão o uso da tecnologia para conectar a sua empresa com o cliente ou seu colaborador.

Aplicativos têm de fornecer benefícios tangíveis, sejam eles a redução de custos, novas funcionalidades ou uma melhor experiência do usuário. Antes de procurar um fornecedor, você precisa ter uma lista do que o seu aplicativo fará quando estiver pronto. Planeje e pesquise bastante para definir os itens dessa lista.

Desenvolva wireframes

Agora que já sabe que recursos gostaria de incluir em seu aplicativo, é hora de encontrar as ferramentas certas para explicar esses recursos a terceiros. Afinal, o responsável por desenvolver seu app deve entender exatamente como ele funciona na sua cabeça, antes de tudo.

Um wireframe é isso: um esqueleto tridimensional que representa os elementos funcionais de um site, aplicativo ou layout.

Wireframes são parte do planejamento e integrais ao sucesso dos aplicativos, corporativos ou não. Eles podem ser feitos em uma folha de papel, como rascunho, ou utilizando ferramentas online como o Wireframe.cc.

Defina o público-alvo do seu app

É muito importante identificar quem usaria o seu aplicativo e qual é o público-alvo do seu produto. Seus usuários podem ser de uma determinada indústria, gênero, faixa etária, região, ser compostos exclusivamente de colaboradores, clientes já existentes ou de novos prospects.

Depois de identificar algumas características demográficas de seu público, você poderá descobrir o que essas pessoas preferem ou gostam e até mesmo que plataforma utilizam preferencialmente.

Conhecê-las ajudará você a adaptar seu aplicativo e os recursos nele disponíveis para melhor atendê-las. Mesmo porque, todo o seu projeto gira em torno do engajamento do usuário. Pesquise, fale com pessoas e consulte sua base de clientes para compreender bem quem fará o download do seu app.

Conte com ajuda especializada

Depois de planejar, definir recursos e identificar seu público-alvo, você estará pronto para começar a buscar fornecedores que atendam às suas necessidades. O ideal é que esses fornecedores sejam, ao mesmo tempo, habilidosos e experientes. 

Uma vez que tiver uma lista de quatro a seis deles, envie detalhes de seu projeto. Um bom fornecedor irá avaliar esses detalhes e fazer uma série de perguntas, além de incluir algumas sugestões para melhorar a sua ideia. Obtenha várias propostas, com tempo e custo para o desenvolvimento descritos, e as compare.

Assim você poderá selecionar aquele desenvolvedor que se encaixa melhor em seu orçamento e prazo e começar a trabalhar na construção do seu próprio aplicativo.

Criar aplicativos empresariais não precisa ser a coisa mais difícil do mundo. Siga a Vortigo nas redes sociais e aprenda tudo que é preciso para construir o app perfeito. Estamos no Facebook, Twitter e Linkedin!