Quando o assunto é promover o seu negócio, o entendimento do público-alvo é crucial. Afinal, são essas pessoas que devem ser alcançadas pelas suas iniciativas de marketing, já que são consideradas as figuras principais de um planejamento estratégico.

Mas você sabe o isso significa e como utilizar essa informação para melhorar o seu relacionamento com o cliente? Desvendamos essas questões no post de hoje.

Aprenda algumas distinções e veja dicas de como identificar a audiência certa para os seus produtos e serviços. Continue lendo!

O que é público-alvo?

Esse não é um conceito muito difícil de se entender. No marketing e nos negócios, é o termo utilizado para definir a fatia demográfica mais propensa a se interessar por aquilo que a sua empresa vende. Se você produz vídeos de casamento, por exemplo, são os noivos que te interessam.

Mas nem sempre um adjetivo basta para definir esse conceito. Dependendo do seu mercado de atuação, pode ser que você queira atingir demografias extremamente amplas e diversificadas.

Qual a sua importância para o planejamento?

Entender isso, independente da sua área de atuação, é algo muito importante e que ajuda a definir aspectos como o planejamento estratégico e de marketing. Afinal, para que as pessoas adquiram aquilo que você vende, elas precisam se relacionar com o posicionamento e a mensagem da sua marca, não é mesmo?

Quando você consegue compreender de forma exata as preocupações, vontades, preferências e necessidades de um público-alvo, as chances de se obter bons resultados cresce muito. É nesse momento que uma marca consegue estabelecer uma conexão pessoal e ganhar a confiança dos possíveis compradores.

Quer um exemplo? O dono de uma loja de brinquedos pode se beneficiar adaptando sua comunicação para que ela atinja pais, avós e até mesmo as próprias crianças  — que funcionam como influenciadores. Para fazer isso, ele deve anunciar nos meios consumidos por essa parcela da população.

Pense na maneira como o dono dessa mesma loja faz a seleção do seu estoque. Se ele desconsidera as demandas do seu público-alvo, ainda que a sua mensagem seja a ideal, não obterá o sucesso esperadoTer esse entendimento irá guiá-lo na promoção e no desenvolvimento dos seus produtos.

Qual a diferença entre público-alvo e persona?

Fazer essa diferenciação pode ser difícil para aqueles que não são especialistas em marketing, mas, em linhas gerais, é como distinguir entre os membros de uma banda.

Enquanto público-alvo define as características gerais da demografia que a sua marca pretende atingir — como seu gênero, idade e localização —, a persona é muito mais específica. Em geral ela tem um nome, história, preferências, objetivos e vem junto a um descritivo dos desafios que enfrenta no cotidiano.

Uma persona oferece insights específicos a respeito de como esses integrantes se enxergam, te ajudando a desenvolver mensagens direcionadas e a falar com pessoas reais, e não grupos inteiros de compradores em potencial.

Como definir meu público-alvo?

Essa definição tende a dar mais certo quando começamos pensando nas necessidades específicas que um produto preenche. Se a sua companhia oferece serviços de jardinagem, ela o faz para pessoas e empresas que possuem jardins e não para moradores de apartamentos.

Quanto mais popular for o seu produto, menos pesquisa é necessária para definir o público, já que se trata de uma novidade que atende aos interesses de um grupo reduzido de pessoas.

O importante é entender que será preciso adaptar os seus esforços para que eles contemplem, ao máximo, as necessidades desse grupo de pessoas.

Gostou dessas dicas? Então siga-nos nas nossas redes sociais para continuar aprendendo conosco! Estamos no Facebook, Twitter e LinkedIn.